23/10/2013

Pudim de S. Benedito (Doçaria Conventual)

Pudim de S. Benedito

Ingredientes:

1 colher (sopa) de água morna + q.b. p/ a calda
1 pau de canela
10 gemas
185 g de açúcar
2 claras
3 folhas de gelatina branca
6 batatas médias
passas corintos q.b.
raspa de 1 limão

 

Confeção:

Coza as batatas com a casca. Descasque-as depois de cozidas, reduza-as a puré e reserve.
Leve o açúcar ao lume, coberto de água, e deixe ferver até ficar obter uma calda em ponto de espadana.
Junte o polme de batata à calda de açúcar e mantenha no lume, mexendo sempre, até ficar em ponto de estrada. Acrescente a raspa de limão e a gelatina previamente desfeita na água morna.
Deixe o preparado arrefecer um pouco e, entretanto, bata as claras em castelo e reserve.
Integre as gemas, previamente batidas, no puré até obter um creme espesso e esbranquiçado. Junte também, delicadamente, as claras em castelo, o pau de canela e, por fim, as passas corintos.
Deite a mistura numa forma untada com manteiga e leve a cozer em forno moderado.O pudim deverá ser desenformado no dia seguinte ao da confeção para evitar que se desmanche. Se o desenformar no próprio dia, mergulhe o fundo da forma em água quente, vire-a sobre o prato de servir e bata levemente para o pudim se manter estruturado.


Nota:
A cozinha portuguesa tem um património riquíssimo da doçaria conventual. Além de serem doces muito ricos em gemas e açúcar, são todos eles muito vistosos e apelativas ao olhar, sendo, por isso mesmo, presença frequente à mesa em dias festivos e celebrações especiais.
Este pudim é uma das receitas conventuais com que nos podemos deliciar em qualquer altura do ano, sendo particularmente apreciado no Natal.




 http://www.docesregionais.com/pudim-de-s-benedito/

Sem comentários:

Enviar um comentário

Deixe o seu comentário.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...